Buscar
  • Punto e Filo

Tapeçaria de Tomie Ohtake é Refeita por Punto e Filo Tapetes



O incêndio que atingiu o Auditório Simon Bolívar no Memorial da América Latina em 29 de novembro de 2013 destruiu a maior parte de sua estrutura, incluindo a icônica tapeçaria de autoria da artista plástica Tomie Ohtake.

A tapeçaria com mais de 800 metros quadrados foi criada pela artista a convite do autor do projeto arquitetônico do complexo, o arquiteto Oscar Niemeyer. Revestindo uma de suas laterais, a imponente peça é parte da estrutura desta que é a sala de espetáculos com o maior número de assentos mantida pelo poder público em São Paulo até o momento: 6 mil m2 de área e 1.788 lugares divididos em duas plateias.

Ainda em vida, a artista Tomie Ohtake autorizou a reexecução da peça. Com a curadoria do Instituto Tomie Ohtake e aprovação do diretor responsável e filho de Tomie, Ricardo Ohtake, a Punto e Filo Tapetes foi a empresa escolhida entre nacionais e internacionais para o desafio.

O rigor na confecção dos detalhes do desenho e cores incentivou a Punto e Filo a inovar: diferente da primeira versão feita em vários pequenos pedaços montados como um grande mosaico, a Punto e Filo reexecutou os 800m2 da obra em peça única!

Produzindo um tecido contínuo que se estende por mais de 50 metros de comprimento, este desafio só pôde ser cumprido devido a um rigoroso conhecimento técnico de confecção manual e pela maestria das mãos dos artesãos.

Esta decisão, além de tornar a tapeçaria mais bonita e estável nas paredes do auditório, fez com que a nova peça fosse considerada a maior tapeçaria do mundo feita de forma manual.

A entrega ocorreu antes do prazo estabelecido, envolvendo grande apoio logístico para transporte e instalação da obra em peça única.

Tendo início em 2014 , a reforma do auditório constituiu-se em um grande desafio como declarou o então Presidente da Fundação Memorial da América Latina o cineasta e escritor João Batista de Andrade: "Não é um caminho fácil. O auditório Simón Bolívar é uma obra de arte. Seu restauro tem exigido de nós um cuidado permanente, com a determinação de respeito ao projeto original de Oscar Niemeyer"- Folha de São Paulo 09/08/2015.

Ser fiel a todo o detalhamento do projeto original e ao mesmo tempo adequar-se às normas atuais vigentes de segurança e acessibilidade, foi o fio condutor do processo de reforma.


Em menos de 4 anos do incêndio que o destruiu, o Auditório Simon Bolívar, totalmente restaurado aos moldes do projeto original de seu autor Oscar Niemeyer, foi reinaugurado em 15/12/2017, com esta bela obra uma tapeçaria de 800m2 de Tomie Ohtake refeita pela Punto e Filo Tapetes, de volta às suas paredes e aos olhos do público que o frequenta.

Este importante legado de Tomie Ohtake , apreciado nacional e internacionalmente pôde novamente ser apreciado desde então pelo público que frequenta este que é um dos maiores centros culturais do país

Assim, a Punto e Filo Tapetes produziu a maior peça de tapeçaria do mundo em confecção manual .

Este é um dos vários projetos que constroem o legado da Punto e Filo Tapetes , sendo um dos marcos da nossa história!


23 visualizações0 comentário

Rua da Consolação, 3031 - São Paulo - SP Tel. +55 (11) 3061-1412

Send us a message!

  • Ícone do Instagram Preto
  • Ícone do Facebook Preto
  • Preto Ícone YouTube